Jorginho sai queimado da Seleção Brasileira


[tweetmeme]

Auxiliar técnico de Dunga perdeu a confiança dos jogadores

Jorginho, o auxiliar técnico e fiel escudeiro de Dunga, também deixará a comissão técnica da Seleção. Ele foi criticado por jogadores, diferentemente do técnico, que recebeu até elogios dos atletas, segundo reportagem de domingo do jornal “Folha de S.Paulo”.

Isso porque Jorginho teria pregado durante o Mundial que a equipe deveria ficar isolada e sem folgas dentro de um hotel em um condomínio de Johannesburgo.

Ele e o técnico teriam exigido no grupo que os parentes dos atletas deveriam ficar no Brasil para evitar que o time “perdesse o foco”. Os jogadores se sentiram traídos porque o auxiliar fez o contrário do que pregou. Jorginho manteve, desde o início da Copa, sua mulher e seus filhos em Johannesburgo.

A partir daí, segundo a reportagem, Jorginho foi perdendo o poder no grupo. Ele teria desagradado os dirigentes por indicar ainda a contratação de evangélicos em funções como olheiro e segurança da Seleção Brasileira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s