Espírito Santo estado com mais evangélico e mais violento!


A Revista Comunhão publicou uma importante e excelente matéria: Dados do IBGE do início dos anos 2000 já apontavam o Espírito Santo entre os Estados com maior índice de evangélicos no Brasil. A presença de símbolos religiosos como o Convento da Penha influenciam a representação católica em Vila Velha. Mas a fé também se faz crescer no número de evangélicos.

Em Vila Velha, os números são ainda mais relevantes entre os jovens. Hoje, em média, um em cada três vila-velhenses com menos de 30 anos é evangélico, com destaque para membros da Assembleia de Deus, Maranata e Batista.

Já os católicos são 50% nessa faixa etária. Menos de 10% se declarou sem vínculo com religião e aproximadamente 5% seguem outras religiões, como espiritismo e umbanda.

Assim como em todas as faixas etárias, entre os jovens, o percentual de evangélicos também tem crescido mais rápido que os de católicos. Em 1991, os protestantes representavam pouco mais de 9% da população canela-verde, saltando para 16% em 2000 e para os atuais 30%, aproximadamente.

Um estudo feito pelo Instituto Futura em 2009 aponta que Vila Velha é a cidade da Grande Vitória com maior índice de pessoas que acreditam em Deus: 99%. Entre os entrevistados na faixa de 16 a 19 anos, o índice dos que acreditam que Deus ou alguma força superior deva ser adorado ou seguido foi de 100%. (Fonte: Revista Comunhão)

Ou seja, o Espírito Santo é um estado “cristão” mas com características de pagão! Por que essa dura afirmação? Assumo a responsabilidade! A “igreja” cresce a cada ano, o problema é que a violência também! E o cristianismo que deveria influenciar pessoas, familias e cidades, parece ineficaz porque os índices no Espírito Santo são a cada ano piores.

E não somente nos índices de violências, mas no aumento de usários de drogas, no crescimento de divórcio e a enorme quantidade desviados. Aonde está o “Evangelho que é o poder de Deus e a salvação de todo aquele que crer”? Estamos vivendo dias de uma igreja sem poder e nisso me incluo.

A igreja é o Corpo de Cristo na terra. Isso na prática sabemos! Como sabemos. A igreja é a extensão de Jesus na Terra, porém as obras da igreja estão distantes das obras de Jesus na terra. As implicações disso é ausência de transformação de vidas e a evidente crise na igreja em nossos dias.

Lembro-me e cito o já “batido” porém aplicável versículo de 2 Cronicas 7:14 que apesar de conhecido, creio ainda ser o remédio para a nossa cura como Corpo.

“Se o meu povo que chama o meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s