Mulheres correm para site de infidelidade depois do Dia das Mães


Não deu atenção à sua mulher no Dia das Mães? Esqueceu de comprar um presente bonito para ela e a única coisa que ela ganhou foi um desenho que filhinho fez na escola e a obrigação de fazer o almoço de família? Pois bem, nas imortais palavras do personagem Patolino: “isso significa guerra”.

Pelo menos foi o que constatou o Ashleymadison.com, um site de relacionamentos americano para pessoas casadas (sim, você leu certo, ele promove encontros extraconjugais).

Segundo o site Momlogic, na segunda-feira após o Dia das Mães, 31.427 mulheres se cadastraram em busca de alguém que lhe a atenção necessária (a média são de 2,5 a 3 mil por dia). É o segundo dia mais procurado por mulheres infelizes, perdendo apenas para o dia seguinte ao Dia dos Namorados. E mais, 67% dessas moças fica em casa e não trabalha, a idade média é de 36 anos e 1/3 delas já considerava pular a cerca antes da data festiva.

Segundo o fundador do Ashley Madison, Noel Biderman, o fenômeno ocorre já que essas mulheres esperam ser celebradas no Dia das Mães e acabam negligenciadas pelos maridos. E todos sabem que enquanto homens buscam relacionamentos fora do casamento por sexo, a maioria das garotas o faz para ter a atenção de alguém.

Noel diz que administrar um site que lida com traição acabou mudando sua vida, pois como marido e pai sabe o quanto é importante fazer a mulher feliz. “Eu sempre vejo o Dia das Mães como uma oportunidade incrível para celebrar a dinâmica familiar, a dedicação da minha mulher e nosso relacionamento interpessoal. Eu me esforço para fazer minha mulher sorrir do momento em que ela acorda mais tarde que nos outros dias, aliás à hora em que ela vai para a cama comigo!”, complementou o bom marido. E você achando que não se faziam mais homens como antigamente, não é?

Palavra deste Blogueiro, eu:

Quando li essa matéria pensei em muitas coisas e queria fazer algumas observações:

1) Não acredito que essas mulheres traíram porque não foram celebradas um dia. Trairam por centenas de outros motivos acumulados.

2) Essas mulheres que “traíram” seus conjuges, certamente, a maioria delas já traíram em outra ocasião. Eu sempre sustento a versão que ninguém trai da noite para o dia. Isso é uma atitude física de algo que já está em construção há muitos anos no coração.

3) A decadência moral em um dos maiores países PROTESTANTES do mundo, os EUA, é contínua e degradante. Minha tristez ao ler uma matéria dessas é que cada dia isso se confirma. E pior, vejo que o Brasil tem trilhado o mesmo caminho hoje, fazendo coisas que os EUA já caminhou há 40 anos atrás. A diferença do Brasil para o EUA é que eles estão a frente.

4) Ao ler uma notícia dessa, não a tenha como normal ou comum. Coisas como essas querem cauterizar nossas mentes em relação as verdades do Reino em nós. Não vos conformeis com o presente século, mas renovai as vossas mentes. É isso aí!

Fonte da matéria: Terra Mulher

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s