Lei do Preto Velho é aprovada no Rio de Janeiro


O Preto Velho, entidade espiritual cultuada na umbanda, agora é patrimônio estatal. Em 9 de fevereiro de 2010 a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) aprovou o Projeto de Lei 1924/2008 que declara o Dia dos Pretos Velhos como patrimônio imaterial do Estado do Rio de Janeiro, determinando o revenciamento dessa entidade espiritual. A autoria da lei é do Dep. Atila Nunes (PSL), que vem atuando fortemente para que todos os orixás das religiões afro-brasileiras tornem-se propriedade imaterial no Rio de Janeiro e passem a ser reverenciados através dessas leis. O Dep. Nunes está apenas aproveitando a incrível onda estatal de privilegiar tudo o que se refere à “cultura” afro-brasileira.

Base Legal

A Constituição Federal prevê no artigo 216 que os bens de natureza imaterial constituem patrimônio cultural brasileiro. Com tal proteção estatal, qualquer afronta ou ameaça ao patrimônio — no caso, o Preto Velho — deve ser punida na forma da lei.A transformação da entidade espiritual Preto Velho em patrimônio e propriedade imaterial de inicio obriga o Estado do Rio de Janeiro a repassar dinheiro para divulgação e proteção dessa chamada “cultura religiosa” nas repartições públicas, através das Secretarias de Cultura, Turismo, Educação, Segurança. A lei dá todo esse poder a essa “cultura”.Enquanto o PNDH-3 de Lula estabelece a “crucificação” dos crucifixos e outros símbolos cristãos em repartições públicas, o Rio de Janeiro, com a dormência dos deputados cristãos, já se prepara para preencher a lacuna espiritual.Oficialmente, a data do Preto Velho será comemorada com festejos programados e realizados pelas Secretarias de Turismo e Ciência e Cultura e incluídos no calendário oficial e turístico do Estado. Assim, o Estado laico, que quer distância do Cristianismo e seus valores, está agora abraçado e amigado ao Preto Velho, graças principalmente às leis de igualdade racial, que transformam em “cultura” as práticas religiosas dos descendentes de africanos.

Discussões e omissões

O PL 1904/08 foi aprovado em 2ª votação, em 09/02/10, sem resistência. Os deputados evangélicos da ALERJ estranhamente não fizeram nenhum tipo de articulação para deter a aprovação da lei.O único parlamentar a votar contra foi o deputado evangélico Edson Albertassi/PMDB, que em outros embates decisivos estava presente e deu voto contrário.O nefasto no caso é o oportunismo eleitoral e religioso de deputados evangélicos que dizem que o Rio de Janeiro está sob “maldição espiritual” por causa das leis que homenageiam orixás, mas que na hora da votação — como na aprovação do feriado estadual de São Jorge, dia mundial do orgulho gay, umbanda, candomblé e iemanjá como patrimônio do Estado — se ausentam completamente dos embates. Na hora da votação, eles tomam chá de sumiço.Paulo Teixeira em seu Blog Holofote critica os deputados que utilizam terrorismo religioso em época eleitoral culpando pessoas e governos, mas que são omissos em votações decisivas.O Rio de Janeiro é hoje um mosaico de confusão religiosa, onde uma população majoritariamente católica e evangélica vive sob um número crescente de leis que dão aos orixás da “cultura” afro-brasileira uma estranha e louca intimidade com o Estado “laico”, trazendo pesadas conseqüências para as escolas públicas, onde os alunos serão obrigados a aprender a reverenciar o Preto Velho.A ALERJ tem outros projetos que aguardam apenas a oportunidade de votação para completar “a agenda espiritual” dos orixás. Com a sonolência da bancada evangélica do Rio, tudo é possível para os orixás e seus adeptos.

Fonte: Blog Julio Severo

Anúncios

2 Respostas para “Lei do Preto Velho é aprovada no Rio de Janeiro

  1. Na umbanda o dia dos pretos velhos é celebrado em 13 de maio, dia da abolição da escravatura, e em que foi assinada a Lei Áurea.
    Acho importante que as crianças saibam a história, e de todos os aspectos que formam nossa cultura, como religiões, danças, ritmos musicais. Quanto a ser obrigado a reverenciar a entidade, ou participar de comemorações realmente acho um abuso, a escola deveria educar apenas como fonte de conhecimento, os primeiros valores, e crenças são responsabilidades dos pais, e aprendidos na família. No entanto não seria um abuso ter um feriado para a umbanda, já que temos vários feriados cristãos durante o ano. Acredito que como cristãos devemos ser justos, e mostrar nossa justiça por meio do amor, muito antes do que pelo poder do Estado.
    Minha posição em particular é votar no que melhor pode representar a sociedade, pois de nada adianta eleger um político evangélico para que esse seja motivo de escândalos de corrupção. Acredito como a bíblia ensina que quando o povo busca a Deus de todo o coração, e ora por seus governantes, Deus inclina o coração desses líderes àquilo que for melhor para o povo.
    O que também me preocupa é o preconceito levantado por questões religiosas que tornam os cristãos mais defensores de uma suposta “vontade divina”, do que da prática do amor de Deus.
    Por exemplo eu acho justo coibir o abuso quanto ao volume de som em áreas residenciais. O problema da lei era abranger apenas as igrejas, isentando as casas de show. Nesse aspecto acredito que os deputados evangélicos deveriam ser justos, e não impedir a lei, mas sim acrescentar a abordagem às casas de show.

  2. Um dos discursos do Deputado Édino sobre lei de orixá:

    Dep Édino é um dos mais atuantes em questão de Fé e Família. É só olhar seus discursos na ALerj…

    VEJA A ATUAÇÃO DE UM PROFETA NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO RJ.

    http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/taqalerj.nsf/3620b663fe7fd44f832565370043e8be/04d710c9a97d4b40832576170072b4c1?OpenDocument&ExpandSection=1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s