Globo e Record preparam-se para novos ataques


Record X GloboO embate entre a Globo x IURD poderá fervilhar ainda mais, pois  a Igreja Católica  acabará sendo arrastada para o conflito. Um documentário de 52 minutos, intitulado “Universal, Uma Ameaça ao País dos Crentes”, produzido em 2002, poderá ser a nova arma da Globo contra a IURD. O documentário foi exibido em 2002 na TV católica francesa KTO. Um dos entrevistados é o Padre Marcelo Rossi que diz: “eu não quero atacá-la, mas no fundo para mim não é uma igreja”.

Leia a matéria abaixo:

Globo nega negociação de documentário “anti-Universal”

A Central Globo de Comunicação negou hoje que esteja negociando a compra do documentário “Universal, Uma Ameaça ao País dos Crentes” (”L’Universelle: Une Menace au Paix des Croyants”, no título original em francês), de 2002. A informação foi publicada neste sábado, a respeito do embate entre Record e Globo. A Globo tem uma cópia da obra em seu poder.

O documentário é “anti-Universal”, porém nasce como uma defesa do movimento carismático então ainda em alta no Brasil. O documentário é inédito no Brasil e na internet. Ele foi exibido uma única vez na TV católica francesa KTO, em 2002.

Em “Universal”, o bispo Edir Macedo é retratado como líder de uma legião de fanáticos que leva uma vida de “miliardário” (termo usado no filme). “A gente apertava a mão de Macedo com medo, pois era como apertar a mão do próprio Deus”, depõe em vídeo Marcelo Gonzales, ex-membro arrependido da igreja.

O documentário acusa a Universal, entre outras coisas, de ter obrigado pastores a fazer vasectomia nos anos 90, mas também questiona se a Igreja Católica não é “culpada” por ter deixado sua rival neopentecostal crescer por tanto tempo sem fazer nada para contra-atacar.

Record

Na última quarta-feira (19), a Record adquiriu os direitos de exibição de “Muito Além do Cidadão Kane”, produção inglesa de 1993 com pesadas críticas à Rede Globo e a seu fundador, Roberto Marinho. A própria Globo também tentou comprar os direitos dessa obra, mas desistiu quando o produtor britânico John Ellis informou que as licenças para exibição em público já tinham sido vendidas a outras organizações.

“Muito Além…”, que está na íntegra no Google Videos, foi idealizado como programa em quatro blocos para o canal inglês Channel Four, em 1993. Convencionou-se chamar essa obra de documentário porque, depois da TV, os blocos foram unidos e vendidos na íntegra em CDs e fitas piratas no Brasil e em outros países.

Procuradas, Record e Igreja Universal não se manifestaram por “desconhecer o conteúdo do documentário francês”. A Globo não se manifestou sobre a compra de “Muito Além do Cidadão Kane” pela Record.

Fonte: Folha Online

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s