Igrejas mais confiáveis que Polícia e Governo


evangelicos2

Portal Gazeta Online

A maioria da população capixaba mostrou confiar mais nas igrejas do que em todas as outras instituições públicas e privadas, como o Procon, a Mídia e a Justiça. Esta e outras informações fazem parte de uma pesquisa realizada pelo Instituto Futura, entre os dias 7 e 8 de julho, para saber a confiança dos capixabas nas instituições em 2009. As igrejas foram avaliadas como confiáveis ou muito confiáveis por 86% dos 400 entrevistados da pesquisa. Já os partidos políticos foram os que apresentaram maior rejeição do público, com 86,7% de desconfiança por parte dos entrevistados.

O capixaba parece ter mudado de opinião sobre as instituições no Estado nos últimos dois anos. Isso porque na última pesquisa, realizada no ano 2007, o Procon foi o órgão mais confiável na opinião do público, com 65,9%. Já as igrejas estavam em segundo lugar, com 59% da confiança da população. Esta ordem mudou de 2007 para 2009, e agora as igrejas assumem a liderança na mente dos capixabas, deixando o Procon em segundo lugar, com 68,8%.Algumas instituições tiveram aumento considerável de credibilidade entre 2007 e 2009. A confiança nas igrejas aumentou 27%; no Ministério Público, 12,9%; Mídia, 10,5%; e na Polícia Federal, 7,7 pontos percentuais.

Entre as instituições com a menor credibilidade por parte dos entrevistados, os partidos políticos são os menos confiáveis desde a primeira pesquisa sobre o assunto, realizada em 2004. Entretanto, o nível de confiança nos partidos teve uma elevação de 6,1% de 2007 para 2009, aumentando de 5,5% para 11,6 pontos percentuais de confiança. A população jovem, com idades entre 16 e 19 anos, tem apenas 7,8% de confiança nos partidos políticos. Já os idosos com idade acima de 60 anos, são os que mais confiam nos partidos, apresentando 17,1% de credibilidade em partidos.

As mulheres parecem confiar menos nas instituições do que os homens, segundo dados da pesquisa. Das 14 instituições avaliadas, as mulheres disseram confiar mais que os homens em apenas duas delas: as igrejas e a Justiça. Nas instituições religiosas, o percentual de confiança por parte de pessoas do sexo feminino foi maior que as do sexo masculino em 5,3%, sendo que 88,5% das mulheres disseram confiar nas igrejas, enquanto 83,2% dos homens disseram que acreditam nestas instituições.

Além das igrejas, outras cinco instituições foram apontadas como confiáveis pela população capixaba, segundo a pesquisa Futura. São elas: o Procon, com 68,8% de aprovação; a Polícia Federal, com 61,7%; as grandes empresas, com 56%; a Mídia, com 55,5%; e o Governo Estadual, com 51%. E foram reprovadas pela maioria da população outras seis instituições, além dos partidos políticos.

São elas: a Câmara dos vereadores dos municípios, com rejeição de 77,2%; Assembleia legislativa, com 77%; Justiça, com 67,3%; Polícias Militar e Civil, com 62%; Prefeituras de cada cidade, com 53,2%; e o Governo federal, com 51,3 pontos percentuais. O Ministério Público foi a instituição com o maior equilíbrio entre os entrevistados, não alcançando a maioria como confiável (49,7%) e nem como não-confiável (46,6%).

A pesquisa foi realizada nos municípios de Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra. Foram 400 entrevistados, divididos por faixa etária, sexo e município onde mora. Todos os dados desta pesquisa podem ser conferidos no endereço http://www.futuranet.ws.

Anúncios

Uma resposta para “Igrejas mais confiáveis que Polícia e Governo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s