Novela Duas Caras: cenas irritam evangélicos


357b0ea0fa.jpg

Li parte desta matéria no Portal Terra. Não vejo novela! Graças a Deus! Mas achei interessante a matéria e decidi publicar o artigo para conhecimento de todos.

Dias atrás “Duas Caras” rendeu 42 pontos na prévia da audiência com uma cena que deixou os telespectadores parados diante da TV. A cena foi chocante, envolvia os evengélicos, da novela é claro. Foi notícia nos princípais meios de comunicação, principalemente revistas e programas de novela. Foi muito polêmico e causou reações diferentes entre os artistas e evangélicos.

Liderados por uma “possuída” Edivânia (Susana Ribeiro), uma multidão ameaça linchar o triângulo amoroso formado por Dália (Leona Cavalli), Heraldo (Alexandre Slaviero) e Bernardinho (Thiago Mendonça).

(Fonte: Terra) – Inclusive Lucimar (Cristina Galvão), que dizia aceitar o trio, estava no grupo. “A cena foi muito forte, mostrou a outra cara do preconceito e da hipocrisia de determinadas pessoas, que pareciam que os estavam aceitando, mas não estavam”, analisa a atriz Leona Cavalli. “Era uma cena bem intensa e de emoção bem complicada”, completa Thiago.

Susana conta que foi sua cena mais forte em televisão. “Fiquei mexida, é um assunto superdelicado, isso de ficar entre a loucura e o fervor, mexer com uma menina grávida, usar palavras da Bíblia, é estranho. Você toca em coisas relevantes para muita gente”, analisa.

Muito impactante, a cena durou longos (para TV) seis minutos. “Achei muito exagerada, muito forte para o horário”, opina a dona-de-casa Helena Fonseca, 50 anos.

O pastor Marcos Pereira da Silva, da Assembléia de Deus dos Últimos Dias, não gostou de saber que a novela mostrou evangélicos agindo de forma tão violenta. “Nós não atacamos ninguém, atacamos o demônio, que é quem faz as pessoas praticarem o mal”, argumenta ele, que frisa que novela é ficção. “O que se passa ali é algo que vem da cabeça do autor, não é verdade. Nós não vemos TV e esse é um dos motivos: ela mostra coisas que não condizem com a realidade.”

A contadora Glauce Teles, 28 anos, também acredita que a imagem passada não foi favorável aos religiosos. “Não sei como é um culto evangélico. Mas, se fosse evangélica, ia ficar ofendida. Foi tão grande a agressão ao trio quanto à religião”, defende ela, que é espírita.

A aposentada Cenir Bianco, 78, católica, também viu insulto aos evangélicos e desrespeitou a religião: “Acho que transmitiu que eles são agressivos. Foi violento, eles quase mataram os dois”, diz.

Os atores tentam abrandar a questão religiosa. “Espero que os evangélicos não tenham se ofendido. Antes de ser evangélica, Edivânia é uma pessoa como todos nós, que tem defeitos. Existem outros evangélicos na novela que pregam justamente o contrário dela”, diz Susana.

“Religião é um assunto muito delicado de tratar”, pondera Thiago Mendonça. “Mas a Edivânia é uma personagem hipócrita, mal-amada. Acho que no fundo ela é bem pior do que todos”, aposta ele, que vai ver Bernardinho ter um refresco quando receber no restaurante o ator Francisco Cuoco, de quem é fã confesso.

Anúncios

Uma resposta para “Novela Duas Caras: cenas irritam evangélicos

  1. Amado irmão, também não gosto de novela , mas relatei o assunto no blog que criei que fala sobre escatologia e que fala sobre perseguição http://www.vemjesus.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s